30-03Sede-da-Petrobras

Em meio às investigações da Operação Lava Jato e dificuldades financeiras para a realização de projetos, a Petrobras deve pedir aos acionistas, na Assembleia que será realizada no próximo dia 29 de abril, a aprovação de um reajuste de 13% nos salários dos executivos da estatal. A proposta é de que o teto médio fixo dos oito atuais diretores seja de R$ 1,6 milhão para cada um por ano, 22,7% a mais do que foi pago em 2014. Se aceito, o reajuste aumentará o salário mensal dos executivos para R$ 123 mil. De acordo com o jornal Folha de S. Paulo, as informações referentes às reivindicações constam no manual para participação de acionistas na Assembleia. A Petrobras afirma que a proposta contempla a inflação de 8,09% prevista pelo Banco Central para este ano. Com produção de crescimento de 3%, o lucro apresentado pela estatal entre janeiro e setembro de 2014 foi de R$ 13,4 bilhões, 22% a menos que o mesmo período de 2013.

Vi no Bahia Notícias

Deixe uma resposta