Anúncio
001-290x300
por Léo Marques

Investigadores da Polícia Civil encontraram o carro do homem suspeito de ter assassinado o prefeito de Macajuba, Fernão Sampaio (PMDB), no interior da Bahia, a 270 quilômetros de Salvador. O veículo, um Fiat Segan de cor preta, foi encontrado junto com documentos em uma fazenda que pertence a um tio do suspeito identificado como Fábio Albergaria, o Binho de Moarcir. Segundo informações da delegacia de polícia de Macajuba, o suspeito de 33 anos é natural de São Paulo, possui terras no município, mas mora e é comerciante em Salvador. Ele teria se desentendido com o prefeito há alguns meses após um terreno de seu irmão ser desapropriado pela prefeitura para a construção da sede de uma secretaria. Fábio teria ingerido bebida alcoólica no dia do crime e ameaçado o prefeito diante de algumas pessoas. O prefeito da cidade, Fernão Sampaio (PMDB), foi atingido por seis tiros, na última quinta-feira (2), enquanto passava de carro por uma praça, quando perdeu o controle do veículo e colidiu no muro de uma igreja. Em nota a União dos Municípios da Bahia (UPB) manifestou “indignação e repúdio ao brutal e covarde assassinato” de Sampaio. “É inaceitável que uma barbárie como a ocorrida com o prefeito Fernão seja perpetrada com o argumento de que foram feridos interesses de particulares, em argumento frágil e despropositado. Estas são demonstrações da mais selvagem e bárbara violência, que banaliza a vida e que horroriza o País”, diz a nota assinada pela Presidente da UPB, Maria Quitéria Mendes. De acordo com Jean Souza, coordenador da 12ª Coorpin, detalhes sobre a motivação do crime ainda não serão divulgados para preservar as investigações. Nesta segunda-feira (6), a partir das 20h, o vice-prefeito Nelson Brandão (PMDB) tomará posse na Câmara de Vereadores, assumindo o poder executivo de Macajuba.

Anúncio

Deixe uma resposta