aracatu-jesse-assis-juri-popular-forum-duarte-moniz-foto-site-brumado-noticias-55
Brumado Notícias

Em júri realizado na última segunda-feira (06), o réu Jessé Felismino de Assis foi condenado a 13 anos e seis meses de reclusão. Ele era acusado de homicídio qualificado por motivo fútil e por meio de dissimulação em relação à vítima Albertino Oliveira da Silva e tentativa de homicídio qualificado por motivo fútil contra as vítimas Samuel Menezes da Silva e Elias Souza Menezes. Os crimes ocorreram no dia 09 de outubro de 2012, na Praça Ladislau Clener, em Aracatu. O júri foi presidido pelo juiz Genivaldo Alves Guimarães e aconteceu no Fórum Duarte Moniz, em Brumado. Na primeira série, relativa à vítima Albertino Oliveira da Silva, o júri respondeu afirmativamente ao primeiro, segundo e terceiro quesitos, reconhecendo a materialidade delitiva, a autoria e o nexo causal. Ao quarto quesito respondeu negativamente, afastando a tese defensiva. Ao quinto quesito respondeu negativamente, afastando a qualificadora relativa a motivo fútil; ao sexto quesito respondeu sim, reconhecendo a qualificadora relativa à dissimulação. Na segunda e na terceira séries, relativas às vítimas Samuel Menezes da Silva e Elias Souza Menezes, o Tribunal do Júri respondeu afirmativamente ao primeiro e segundo quesitos; entretanto, negou o terceiro, reconhecendo que o réu, embora tenha atirado em direção àquelas vítimas, voluntariamente desistiu de consumar o crime. O condenado cumprirá a pena em regime inicial fechado.

Deixe uma resposta