Foto: Aduneb

As universidades estaduais da Bahia paralisarão as atividades acadêmicas nesta quarta-feira (8) para a realização de um ato público em frente à Secretaria de Educação do Estado, Centro Administrativo da Bahia, em Salvador, em reivindicação por mais aumento do repasse orçamentário do estado. Professores, estudantes e técnicos da Uneb (Universidade do Estado da Bahia), Uefs (Universidade Estadual de Feira de Santana), Uesb (Universidade Estadual do Sudoeste Baiano) e Uesc (Universidade Estadual de Santa Cruz). A paralisação das universidades foi aprovada pelos professores das quatro universidades em assembleia, no final do último mês de março, em que deliberaram também pelo estado de greve da categoria. Entre os itens de reivindicação estão a ampliação do quadro de vagas e desvinculação das classes, respeito aos direitos trabalhistas dos docentes e aumento dos incentivos do Estatuto do Magistério Superior. Dos seis itens da pauta, cinco estão diretamente relacionados à reivindicação por maior repasse orçamentário do estado. Desde 2011, os professores reivindicam pelo menos 7% da Receita Líquida de Impostos para suprir as demandas de ensino, pesquisa e extensão.

Anúncio

Deixe uma resposta