Anúncio

assembleia2

Depois de muitas rodadas de negociações, os servidores do estado da Bahia aceitaram parcelar o reajuste de 2015.  De acordo com Marinalva Nunes, coordenadora da Federação dos Trabalhadores Públicos do Estado da Bahia (Fetrab), representantes dos servidores decidiram ontem, em plenária, aceitar a proposta do governo  de pagamento do reajuste em duas parcelas: a primeira de 3,5% retroativo ao mês de março e a segunda de 2,91% em novembro.  “Diante da realidade das contas apresentadas pelo  governo, decidimos aceitar o parcelamento. O governo nos passou que está em grave crise financeira e chegou a informar que preferia pagar a folha do que correr o risco de conceder um reajuste maior e não ter como pagar”, afirmou a representante da Fetrab, destacando que, com isso, os servidores conseguem, pelo menos, recuperar as perdas da inflação (6,41%). A Fetrab informou ainda que os servidores que ganham um salário mínimo terão um reajuste adicional de 2,43% também em novembro.  O reajuste salarial linear – pago a todas as categoria do serviço público – aumentará os rendimentos de cerca de 170 mil servidores  ativos e aproximadamente 90 mil aposentados e pensionistas.

Anúncio

um comentários

Deixe uma resposta