Redação 96FM

O Setor de Diversidade do Levante Popular da Juventude do Alto Sertão (Caetité e Guanambi) realizou neste domingo (17) intervenções visuais através de colagem de cartazes e inscrições em muros de espaços públicos das duas cidades para marcar o Dia Internacional de Combate a Homofobia. Segundo informou em sua página no Facebook, o objetivo dos atos além de combater o preconceito homofóbico que limita os direitos da população LGBT, também é exigir a criminalização da homofobia, através de menções ao presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que engavetou o PL 122 que torna a LGBTFobia crime previsto no código penal. No mesmo dia o Levante também se posicionou  contra o projeto de constitucionalização do financiamento de campanha por empresas, alegando o motivo de tal projeto favorecer a legalização da corrupção ao permitir a influência do poder econômico na política.

11295689_377324422466341_8863403081604130556_n 11295561_377324722466311_4629502371529492717_n 11011214_377324755799641_4808060667072481603_o 11107469_377324589132991_8754643725606056364_n 11040631_377324845799632_3824106376127727753_n 10389537_377324609132989_7732286864811528498_n

Deixe uma resposta