Anúncio

ebda-edit-21

O Governo da Bahia e os 1.182 funcionários demitidos com a extinção da Empresa Baiana de Desenvolvimento Agraícola (EBDA), continuaram sem acordo após mais uma rodada de negociações. A audiência foi realizada nesta terça-feira (2), no Tribunal Regional do Trabalho (TRT-5). Diante do impasse, três novas reuniões foram agendadas, duas na sele do Ministério Público do Trabalho (MPT), nos dias 8 e 15 de junho, e outra na sede do TRT-5, no dia 30 do mês. Segundo a Justiça do Trabalho, ficou definido que o estado deva detalhar os pontos de uma proposta que apresentou nesta terça-feira, no uízo de Conciliação de 2ª Instância (JC2). As negociações foram iniciadas no fim de março, na 13ª Vara de Salvador. O governo informou que reafirma o interesse nas negociações com o Sindicato dos Trabalhadores na Agricultura da Bahia (Sintagri). Atualmente, a EBDA está em processo de liquidação.

Anúncio

Deixe uma resposta