Anúncio

O Centro de Tratamento de Queimados do Hospital Geral do Estado (HGE), em Salvador, registrou 11 entradas por conta de explosão de bombas e dois pacientes queimados relacionados aos festejos de São João, entre as 10h do sábado (20) e às 10h desta terça-feira (23). Até o momento não houve casos registrados no Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus por conta de explosão de bomba ou queimadura ligada à pólvora. O diretor do HGE, o médico André Luciano Andrade, no entanto, alerta que o número tende a crescer, baseado em dados de anos anteriores. Segundo ele, a procura por tratamento começa após o encerramento da festa. “Enquanto os festejos acontecem, as pessoas usam paliativos e não procuram assistência médica. O resultado é a complicação do ferimento”, explica. Conforme explica o coordenador do CTQ, Carlos Briglia os primeiros cuidados em casos de queimaduras são importantes. “Em caso de queimadura, não devem ser usadas pomadas nem soluções caseiras. A região afetada deve ser lavada com água corrente e protegida com uma compressa úmida. Em seguida, o paciente deve buscar atendimento em uma unidade de saúde”, recomenda.

Anúncio

Deixe uma resposta