Anúncio

De acordo com estudo feito pelo G1 em todo país, entre abril e junho deste ano, os professores das redes estaduais e do Distrito Federal ganham, em média, R$ 16,95 por cada 60 minutos de trabalho. Os funcionários da rede pública baiana ganham ainda menos: R$ 12,04 por hora em sala de aula ou na preparação de atividades, provas e relatórios. O estudo considerou a carga horária de 40 horas semanais – apesar de em alguns estados, como a Bahia, a jornada padrão variar. O salário-base médio no país é de R$ 2.711,48 para professores com diploma de licenciatura no início da carreira. Para os baianos, o valor médio é de R$ 1.925,96. Segundo o levantamento, o maior salário pago é o de Mato Grosso do Sul, onde os com licenciatura recebem R$ 3.994,25 por 40 horas. Já o com o menor pagamento é Santa Catarina, em que os funcionários têm salário-base R$ 1.917,78. A Bahia é o segundo pior, seguido por Ceará (1927,43) e Pará (1927,60).

Anúncio

Deixe uma resposta