fotosesportiva.com.br

Após a partida em que o Flamengo de Guanambi sagrou-se Campeão Baiano da Série B, a diretoria da Federação Bahiana de Futebol (FBF) realizou a entrega das premiações ao campeão e o vice. Os troféus levaram o nome do ex-zagueiro Élcio Nogueira da Silva “Sapatão”. O ex-jogador esteve presente na cerimônia e entregou a taça ao lado do presidente Ednaldo Rodrigues. O goleiro e capitão do Flamengo, Márcio Greyck, ainda faturou a taça de goleiro menos vazado da competição. Já artilharia ficou com Adílio, do Botafogo, que balançou as redes em seis oportunidades.

Com inúmeros títulos intermunicipais na bagagem nos últimos dez anos e “novato” no futebol profissional, o arqueiro com passagens pelo Fluminense de Feira e Jacuipense se tornou o goleiro menos vazado mais uma vez de uma competição estadual.

Titular absoluto em todos os jogos do rubro-negro, Greyck sofreu apenas seis gols em 10 partidas, o que dá uma média de 0,6 gols, ou estatisticamente, um gol sofrido em cada 150 minutos de bola rolando.

FBF

Porém, a trajetória do luva de ouro começou bem antes, em Conceição do Coité, quando em 2005, defendendo as cores da seleção local, conquistou o campeonato intermunicipal de forma invicta. De lá para cá, foram sete títulos em oito edições, ainda por seleções de Serrinha e São Francisco do Conde.

A Federação Bahiana de Futebol (FBF), através da sua diretoria, parabeniza o goleiro nascido em Pé de Serra (BA) por mais uma feito na carreira vitoriosa.

Anúncio

um comentários

Deixe uma resposta