Redação 96FM

A prisão de  Aldo Berto de Castro, o  Delton, foi o ápice da operação da polícia civil da Bahia para desarticular uma quadrilha suspeita de pelo menos 50 mortes em Guanambi de 2001 a 2015, segundo investigações da 22ª Coordenadoria Regional da Polícia Civil (Coorpin/Guanambi).

A investigação foi intensificada  após a morte de Iramélia Prates Batista, alvo de 10 tiros, na casa da vítima, no bairro Monte Pascoa, em maio deste ano. Ela estava grávida de sete meses e tomava conta de um ponto de venda de drogas de quadrilha rival.

Na operação desta quarta-feira (08), foram apreendidos Um rifle 38/357, três pistolas e dois revólveres. A ação foi simultânea nas cidades de Guanambi e Feira de Santana. Quatro pessoas suspeitas de tráfico de drogas foram presas, e um adolescente de 16 anos apreendido. A operação contou com o apoio do Departamento de Polícia do Interior (Depin), da 1ª Coorpin/Feira de Santana e do 17º Batalhão de Polícia Militar (BPM).

Segundo a investigação, as 50 mortes acontecidas nos últimos 14 mortes foram de usuários e traficantes rivais.

getfileattachment_2

2 comentários

Deixe uma resposta