Kennedy Viveiro Muniz, 33 anos, foi morto por volta das 17:00 desta segunda-feira, 13, enquanto dirigia seu veículo, modelo Nissan Sentra, pela Av. Itambé, bairro Patagônia. A vítima estava acompanhada de duas mulheres, uma delas sua companheira, e de duas crianças, quando foi seguido por homens numa motocicleta que atiraram. Kennedy foi alvejado e perdeu o controle da direção. Ele bateu na traseira esquerda de uma van e colidiu na frente de uma residência. Kennedy foi baleado no coração e morreu no local. Os demais ocupantes do veículo nada sofreram. De acordo com a polícia, Kennedy tem diversos antecedentes criminais. Em Guanambi ele era apontado como o chefe do Terceiro Grupo do Tráfico. Para buscar o controle total do comércio de entorpecentes naquela cidade, Kennedy teria assassinado quatro rivais. Inclusive, o matador de sua quadrilha seria o traficante Marcos Vítor Martins Malheiros, o qual foi preso. Kennedy teria desencadeado uma guerra pelo comando do tráfico na cidade e teve cinco “súditos” executados pelos rivais. Em Vitória da Conquista, Kennedy também já foi preso pela Polícia Civil. Ele foi flagrado com entorpecentes numa residência do bairro Recreio e portava documentação falsa. A Delegacia de Homicídios já está investigando o crime.

200759201513072

Blitz Conquista

Deixe uma resposta