Anúncio

Depois do Banco do Brasil anunciar uma nova linha de crédito imobiliário, foi a vez da Caixa Econômica também anunciar. O Banco que em Abril havia reduzido o teto de 80 para 50% do financiamento de imóveis usados, disponibilizou R$ 4 bilhões para a linha de crédito imobiliário pró-cotista – voltada para quem tem conta ativa no FGTS e pelo menos 36 contribuições – que permite financiar até 85% do valor de imóveis de até R$ 400 mil, pelo prazo máximo de 360 meses. As taxas de juros efetivas variam entre 7,85% e 8,85% ao ano.

Para poder participar da modalidade de crédito pró-cotista o interessado precisa ter trabalhado 36 meses, consecutivos ou não, sob regime do FGTS. Caso o cliente não possua contrato de trabalho ativo, deve possuir saldo em conta vinculada do FGTS correspondente a, no mínimo, 10% do valor do imóvel. O cliente também não pode ser proprietário de imóvel no município onde reside ou trabalha, e nem nos municípios vizinhos e integrantes da mesma região metropolitana.

Anúncio

Deixe uma resposta