Anúncio

Tiago Marques | Redação 96FM

A Fundação Joaquim Dias Guimarães convida a população guanambiense para o “Abraço à Cidade”, que ocorrerá às 8:00 da manhã desta sexta-feira (14), dia do aniversário de Guanambi. A comemoração acontece na Praça Coronel Cajaíba, no centro.

ABRAÇO GUANAMBIEsta será a 21ª Edição do Abraço, evento que já faz parte das comemorações do Aniversário da Cidade que este ano completa 96 Anos. A simples demonstração de amor e carinho pelo local onde vive reúne pessoas de diferentes classes sociais e políticas, para simbolicamente abraçar a cidade, criando um grande círculo de pessoas de mãos dadas, num dos marcos inicias da formação do município.

PG_11
Paulo Guanais

O primeiro ato é o hasteamento das bandeiras do Brasil, da Bahia, de Guanambi e da Fundação. Logo após haverá discursos, homenagens e declamação da oração de São Francisco pelo público, este ano o tema é a PAZ. Várias apresentações artísticas estão previstas para abrilhantar a festa. Corais de alunos de diversas escolas do município apresentarão músicas relacionadas ao tema. Haverá ainda, apresentações de dança.  Após o abraço, balões a gás serão soltos no céu da cidade com um simbolo de PAZ.

Antecedendo o Abraço, a Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer promove a Alvorada pelas ruas do centro cidade a partir das 5:00. Após o desfile, a banda marcial irá para a praça participar das comemorações.

Dança do Coco Peneruê

11653865_10206843809244041_763102528_o

Entre as apresentações do evento, destaca-se a Dança do Coco Peneruê, realizada pelo grupo de mulheres colaboradoras das ações da Fundação Joaquim Dias Guimarães. A dança é uma manifestação cultural típica do nordeste brasileiro e é marcada pelo sapateado cujo o ritmo se assemelha com o da batida de casca de coco, a música é mantida por cantadores e pela percussão de pequenos tambores e pandeiros. Elas se apresentaram recentemente durante o São João do Gurutuba.

Fundação Joaquim Dias Guimarães

11850882_10207286311346317_556040057_n
Nice Amaral

A Fundação foi criada em 1994, e é administrada por uma diretoria composta por 10 membros e pelos seus sócios instituidores, tendo a frente da sua presidência, a dinâmica, atuante e histórica professora e educadora da cidade, Nice Amaral Guimarães Baleeiro.

A entidade tem a missão de pesquisar, resgatar, preservar e divulgar e os aspectos históricos, culturais e folclóricos de Guanambi, além de promover atividades culturais, educacionais e assistenciais.

A Fundação possui um museu que tem um precioso acervo, parte pertencente ao fazendeiro Joaquim Dias Guimarães e que foi ampliado ao longo dos anos por doações de muitos colaboradores, a exemplo do professor e escritor Elísio Cardoso Guimarães e do artista plástico, escultor, escritor e poeta Vagner Moraes (ambos falecidos), sócios fundadores da entidade. (O Popular).

FOTO DE CAPA: PAULO GUANAIS

Anúncio

6 comentários

Deixe uma resposta