CAROL PRADO
DE SÃO PAULO

Thammy Miranda é o mais novo filiado do PP, que tem interesse em lançá-lo como candidato a vereador nas eleições do ano que vem, segundo o presidente estadual do partido, Guilherme Mussi.

O filho de Gretchen, que se tornou ícone transgênero brasileiro, quer “defender a diversidade” na legenda que tem como um de seus expoentes o deputado Jair Bolsonaro, opositor ferrenho a pautas ligadas aos direitos dos homossexuais na Câmara.

A contradição gerou polêmica entre os fãs no Instagram, onde o ator anunciou a empreitada política. “Agora o negócio vai ficar sério… Não adianta só reclamar e não fazer p* nenhuma. Vim aqui brigar por nós”, escreveu.

No PP, Thammy presidirá um núcleo voltado às questões LGBT, criado após um pedido seu. “O partido não tinha alguém que pudesse falar desse assunto com propriedade, agora temos”, diz Mussi.

A legenda, a mesma que anunciou Datena como pré-candidato à prefeitura de São Paulo, avalia que uma eventual candidatura do ator tem potencial principalmente porque, mais do que com o segmento gay, ele dialoga também com as mulheres.

“Ele tem um nome de muita projeção e também tem interesse. Temos até 30 de junho para decidir”, afirma o presidente estadual da legenda.

Procurada, a assessoria de Thammy não comentou o assunto.

Ele já foi filiado ao PR e chegou a anunciar que sairia candidato a vereador nas eleições de 2012, o que não aconteceu.

Anúncio

Deixe uma resposta