Anúncio

Latino tem prisão decretada por falta de pagamento de pensão para filha

O cantor Latino teve prisão decretada pela Justiça de São Paulo nesta terça-feira (8) por falta de pagamento de pensão alimentícia de sua filha Valentina, de 2 anos e 9 meses, informa o advogado Fernando Abrahão, que representa a empresária Gláucia Roberta de Souza, mãe da garota. Ele diz que “o saldo corre em segredo de justiça”. O G1 apurou que a quantia é de cerca de R$ 150 mil e se refere apenas ao período entre setembro de 2014 e setembro de 2015. O advogado não revela o valor total que seria devido pelo artista.

Ele diz ainda que, nesta quarta-feira (9), foi procurado pelo advogado Bruno Pinho Gomes, que representa Latino, com uma proposta de acordo. “Por enquanto, não chegamos a um denominador. Eles fizeram pagamento de uma pequena parte, por volta de 15 de agosto. Mas, como não pagaram o saldo restante, foi decretada a prisão”, afirma. “Se tivesse pago integral, não seria decretada a prisão.”

Ao G1, o advogado de Latino diz que o valor pago por seu cliente foi de R$ 30,5 mil e que deve “pagar a outra parte nesta semana e a diferença até o dia 19 [de setembro]”. “Estou cuidando para que o pagamento seja feito e não haja risco de prisão.”

DNA
Advogado de Gláucia, Fernando Abrahão afirma que Latino reconheceu a paternidade depois de um teste de DNA feito meses antes do nascimento de Valentina. O cantor nunca encontrou a filha, segundo o representante da mãe da garota. Ele afirma que a cliente entrou com uma ação em abril do ano passado, mas a Justiça “não conseguia notificar o Latino para pagar essa dívida”.

“Recentemente, em agosto, tivemos a localização do Latino em um show em São Paulo. O oficial de justiça fez a citação dele e ele foi intimado para pagamento do saldo devedor sob pena de prisão. O oficial foi até a casa de show e procedeu a citação.”

Abrahão diz que “ninguém está desejando a prisão do Latino”. “Até por ser uma pessoa pública e querida, ninguém quis chegar nesse ponto. Mas a Gláucia estava exercendo o direito dela, porque vem passando muitas dificuldades para tentar dar o mínimo de conforto para a filha”, afirma.

“A Gláucia está somente exercendo o direito dela de pleitear aquilo que é justo e que já foi fixado pela Justiça. Como ele [Latino] não cumpriu, infelizmente foi decretada a prisão dele. Mas não é isso que nós queremos, não.”

Anúncio

Deixe uma resposta