Anúncio

Um homem foi encontrado morto na noite desta segunda-feira (14) em um edifício no bairro de Amaralina, segundo informações da Central de Polícia. O corpo da vítima foi encontrado já em estado de gigantismo, com pés e mãos amarrados. Uma faca foi localizada próxima ao corpo pela 40ª Companhia Independente de Polícia Militar (Nordeste de Amaralina). A vítima foi identificada como Deodarkson Aparecido Rego Pereira, 46 anos, professor de escola estadual.

A polícia foi chamada ao edifício Mar Azul, na rua Visconde de Itaborahy, por um morador que estranhou o cheiro que estava vindo de um dos apartamentos, por volta das 19h. Ao chegar lá, policiais da 40ª CIPM encontraram o corpo no chão. “Aparentemente se trata de um homicídio, porque ele estava com a mãos amarradas, os pés também”, diz o soldado Maciel. “A perícia será feita e vai determinar como foi essa morte”, acrescenta.

“Pelo mau cheiro, acredita-se que menos de três dias não tem como (ele estar morto)”, diz o soldado. Segundo o policial, aparentemente não há câmeras de segurança no edifício.

Segundo o PM, não é possível afirmar se há sinais de arrombamento na casa – o vizinho que chamou a polícia sinalizou que a porta estava entreaberta – nem se algo foi roubado. O professor, que era natural de Guanambi, morava sozinho, segundo relatos de vizinhos.

O caso está sendo investigado como homicídio e foi encaminhado ao Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Correio 24Horas


Anúncio

Deixe uma resposta