Anúncio

Correio Brasiliense

Salvador será a primeira cidade brasileira a ter uma faixa de pedestre nas cores do arco-íris. A ação, que ganhou o nome de “Arco-íris no chão”, deve ocorrer em 24 e 25 de outubro.banner_POST

Segundo a coordenadora responsável pelo movimento, criado pelo grupo TireSuaBikedoArmário, Larissa Moraes, essa é uma forma leve e divertida de atentar a sociedade para os direitos LGBT. “O grupo LGBT merece um pouco mais de respeito. Merece o direito de amar livremente como todos.”

A faixa será pintada pelo próprio grupo, na quinta-feira (22/10), e foi autorizada pela Prefeitura Municipal de Salvador e pela Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana e da Transalvador, responsáveis por supervisionar o trânsito durante a ação. 

Em 24 e 25 de outubro, ocorrerá uma intervenção pública, com distribuição de panfletos. A intenção é fazer circular mais informação sobre a violência contra o público LGBT. “Com informação, deixa de existir o preconceito”, diz Larissa. 

O projeto de colorir a faixa de pedestre já aconteceu em outros países. Larissa lembra que participou de uma ação em Londres e que a atitude transformou seu modo de olhar a causa. “Antes de ir não me atentava a essa falta de respeito. E existe respeito em outros lugares. Lá isso não é normal.”

Ceravita post

De acordo com o relatório do Grupo Gay da Bahia (GGB), o Brasil é campeão mundial de mortes causadas por homo/transfobia. Em 2014, foram 326 mortes de LGBTs em todo país. Para Larissa, que já vivenciou casos de preconceito e desconforto, os dados não podem ser ignorados. “É revoltante ver esses números. Não vamos fechar o olho. Não podemos ver esses dados e achar normal.”

A ação é marcada para outubro para relembrar duas datas importantes: o Dia da Cidadania (5/10) e o Dia da Democracia (25/10).

Anúncio

Deixe uma resposta