Anúncio

Como parte da programação dos seminários semanais geridos pelo Núcleo de Pesquisa Conservação e Biodiversidade do Semiárido (CONBIOS), vinculado ao Observatório FG do Semiárido Nordestino, no último dia 24/09, a professora pesquisadora Maria Adonay Melo Nogueira apresentou os resultados da pesquisa realizada no Parque Estadual da Serra dos Montes Altos, sobre o ciclo de vida dos insetos da ordem das Ephemeropteras.

vianorte post

Docentes e discentes pesquisadores da Faculdade Guanambi participaram da apresentação. Segundo a professora, como parte dos resultados da pesquisa foi constatado a existência de novos registros do inseto. Isto indica que esses organismos ainda não haviam sido encontrados no estado da Bahia.

A professora destaca que o resultado evidencia a necessidade de estudos no estado como um todo, e principalmente no sudoeste da Bahia, uma vez que foi comprovada a riqueza de Ephemeroptera presente neste local. Outras análises foram realizadas, como o substrato onde esses organismos vivem e a interferência dos períodos chuvoso e seco sobre a comunidade aquática.

Sketch Post

“As análises evidenciam o quão desconhecido é o Parque Estadual da Serra dos Montes Altos, e reforçam, também, a necessidade de mais pesquisas que envolvam vários outros grupos de organismos, pois isso pode tornar a região reconhecida mundialmente e permitir, dessa forma, a contínua preservação dessa área que se tornou o único refúgio natural para os animais, em uma região que tem sido drasticamente modificada pelo homem”, afirma.

PESMA

CONBIOS – O Núcleo de Pesquisa CONBIOS tem como intuito o desenvolvimento de pesquisas aplicadas em Biologia e ciclagem de nutrientes em solo; biomassa florestal; Ecologia e conservação de populações; comunidades e ecossistemas; genética da conservação; impactos ambientais e recuperação de áreas degradadas; manejo e conservação do solo e água das Bacias Hidrográficas; políticas, economia, administração, planejamento e direito ambiental; novas tecnologias aplicadas ao desenvolvimento sustentável; reuso de águas e o reaproveitamento de resíduos no semiárido brasileiro.

Saiba mais sobre o Observatório FG do Semiárido Nordestino em www.observatorio.faculdadeguanambi.edu.br.

Leia, na íntegra, o resumo da apresentação: Uma vida curta pra viver e apenas um encontro pra lembrar

FONTE: PORTAL FG

 

Anúncio

um comentários

Deixe uma resposta