Anúncio

Tiago Marques | Redação 96FM

Foram publicadas no Diário Oficial da Bahia deste sábado (07), as nomeações de dois novos desembargadores do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA). O governador Rui Costa analisou as listas tríplices correspondentesa ao quinto constitucional da advocacia e dos membros do Ministério Público. O guanambiense Custódio Brito encabeçou a lista dos desembargadores, mas ficou de fora mais uma vez do Tribunal de Justiça.

vianorte post

O advogado de Jequié, Raimundo Sérgio Cafezeiro foi o escolhido pelo quinto constitucional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).  O procurador de Justiça Júlio Cezar Lemos Travessa. foi nomeado pelo quinto constitucional do Ministério Público.

Custódio Brito foi o segundo mais votado na consulta realizada pela classe dos advogados, ele obteve 2.117 votos, atrás de Lia Barros, com 3.358 votos. O escolhido, Raimundo Sérgio Cafezeiro, foi o terceiro com 1.699. A lista da sêxtupla elaborada pelos advogadas seguiu para análise do TJ-BA, onde Custódio Brito 37 votos, contra 35 de Lia Barroso e 26 de Cafezeiro.

Sketch Post

Pelo quinto constitucional do ministério público, o procurador de Justiça Júlio Cezar foi o segundo mais votado pelos desembargadores para figurar na lista tríplice que foi encaminhada para Rui Costa. O representante do MP que mais recebeu votos dos membros do TJ-BA foi o procurador de Justiça, Washington Carigé, com 33 votos.

custódio brito fica de fora custódio brito fica de fora novamente

Currículos dos Candidatos

Este slideshow necessita de JavaScript.

Anúncio

Deixe uma resposta