????????????????????????????????????

Tiago Marques | Redação 96FM

Guanambi assumiu o primeiro lugar do Índice Firjan de Desenvolvimento Municipal (IFDM). O levantamento é feito nacionalmente pela Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan) e mede avanços nas áreas de saúde, educação, emprego e renda. Criado em 2008, ele é feito, exclusivamente, com base em estatísticas públicas oficiais, disponibilizadas pelos ministérios do Trabalho, Educação e Saúde.

O resultado que coloca Guanambi em primeiro lugar na Bahia mostra a disparidade entre os municípios do Sul e Sudeste do restante do país. Nenhum município do Nordeste recebeu nota acima de 0,8. A capital Salvador ficou em oitavo lugar no índice que antes era liderado pelo município de Luis Eduardo Magalhães no Oeste do Estado.

O índice varia de 0 (mínimo) a 1 ponto (máximo) para classificar o nível de cada localidade em quatro categorias: baixo (de 0 a 0,4), regular (0,4 a 0,6), moderado (de 0,6 a 0,8) e alto (0,8 a 1) desenvolvimento. Ou seja, quanto mais próximo de 1, maior o desenvolvimento da localidade.

ifdm

VEJA O ÍNDICE FIRJAN DE DESENVOLVIMENTO MUNICIPAL

Geração de Emprego

Os bons ventos que proporcionaram a chegada dos parques eólicos, a construção da adutora do algodão e as obras da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (FIOL) proporcionaram desenvolvimento ao município de Guanambi. Estima-se que nos últimos 5 anos, a cidade recebeu algo em torno de R$600 milhões em investimentos federais.

A atuação de órgãos como o SENAI, SENAC e SEBRAE também ajudaram a fomentar o desenvolvimento municipal em Guanambi. A prefeitura também executa programas de qualificação e de acesso ao emprego como o Balcão de Empregos gerido pela Secretaria Municipal de Indústria e Comércio. Quem retornou com atividades em Guanambi é o Instituto Euvaldo Lodi (IEL) que realiza seleção de estagiários para as empresa do município.

O comércio forte, aliando à prestação de serviços públicos e privados também atrai pessoas de pelo menos 32 municípios vizinhos todos os dias à cidade Beija-Flor. Isso sem contar a grande movimentação do centro de abastecimento, um dos maiores do estado.

Educação

Outro fato que contribuiu para a elevação do índice é a expansão universitária na cidade. Guanambi hoje recebe estudantes de toda a região, são mais de 20 cursos superiores oferecidos de forma presencial no Campus do IF Baiano, na UNEB e na Faculdade Guanambi, além de uma infinidade de cursos oferecidos por diversas instituições na modalidade de Educação a Distância e cursos técnicos profissionalizantes. Agora o município se prepara para receber o curso de medicina na Faculdade Guanambi.

Saúde

Diversos empreendimentos de médicos de diagnóstico de imagens como ressonância magnética de alta resolução e clinicas de especialidades medicas se instalaram na cidade. Guanambi também é um polo de saúde, o Hospital Regional é a principal unidade de referência em toda a Região, recentemente começou a funcionar o serviço de neurocirurgia na instituição de saúde. A prefeitura instalou um hospital municipal nas dependências do antigo Hospital de Guanambi onde realiza todos os meses centenas de cirurgias eletivas. Nos próximos dias deve ser inaugurada a Unidade de Pronto Atendimento (UPA).

 

Anúncio

um comentários

Deixe uma resposta