Anúncio

Tiago Marques | Redação 96FM

Enfim começou a funcionar a Unidade de Pronto Atendimento 24 Horas (UPA) de Guanambi. A obra concluída em 2013 teve investimento de aproximadamente R$2 milhões de reais e foi inaugurada nesta quinta-feira (11). No primeiro semestre deste ano, o Ministério Público Federal havia recomentado que a prefeitura iniciasse em 90 dias o funcionamento da UPA. Mesmo com prazo maior, a prefeitura cumpriu a determinação e colocou a unidade em funcionamento.

IMG_5550 (600x800)

A solenidade de inauguração contou com a presença dos secretários de estado,  Fábio Vilas-Boas da saúde,  Josias Gomes das relações institucionais e Vitor Bonfim da Agricultura, além da deputada Estadual Ivana Bastos, do prefeito Charles Fernandes, de secretários municipais e vereadores.

Na presença de centenas de pessoas, o secretário municipal de saúde Manoel Paulo Fraga Rodrigues fez um discurso emocionado. “É com muta dificuldade que conseguimos colocar esta UPA em funcionamento, é mais uma avanço para o sistema de saúde do nosso município que recentemente colocou em funcionamento o nosso Hospital Municipal que em pouco tempo já realizou mais de 1000 cirurgias eletivas, agora contamos com este novo aparelho que melhorará a vida da população”, disse o secretário.

O secretário de Estado de Saúde Fábio Vilas-Boas usou a palavra para falar do grande desafio para o município colocar em funcionamento a UPA. “Fico muito feliz de vir a Guanambi para inaugurar esta UPA, embora os investimentos para construção e equipamentos tenham sido de cerca de R$2 milhões com financiamento do Governo Federal, a manutenção desta unidade é um grande desafio para os gestores municipais. Para manter uma UPA deste porte são necessários aproximadamente R$300 mil por mês, o Ministério da Saúde só custeia cerca de 40% deste montante, manter uma UPA custa mais de R$2,5 milhões por ano para os cofres do município. Existem dezenas de UPA´s praticamente prontas no estado, muitos municípios não concluem as obras para não sofrerem pressão do Ministério Público para colocar em funcionamento e não ter recursos para isso, fico feliz por Guanambi ter conseguido fazer diferente”, ressaltou.

Funcionamento da UPA

A Unidade de Pronto Atendimento (UPA) funciona 24 horas por dia, sete dias por semana e podem resolver grande parte das urgências e emergências, como pressão e febre alta, fraturas, cortes, infarto e derrame. Com isso ajudam a diminuir as filas nos prontos-socorros dos hospitais. A UPA inova ao oferecer estrutura simplificada, com raio-X, eletrocardiografia, pediatria, laboratório de exames e leitos de observação. Quando o paciente chega às unidades, os médicos prestam socorro, controlam o problema e detalham o diagnóstico. Eles analisam se é necessário encaminhar o paciente a um hospital ou mantê-lo em observação por 24 horas.

As UPAs fazem parte da Política Nacional de Urgência e Emergência, lançada pelo Ministério da Saúde em 2003, que estrutura e organiza a rede de urgência e emergência no país, com o objetivo de integrar a atenção às urgências.

A UPA de Guanambi é de porte I,  tem de 8 leitos de observação e capacidade de atender até 150 pacientes por dia. São mais de 50 colaboradores entre médicos, enfermeiros, auxiliares, técnicos de raio-X e pessoal administrativo e de conservação.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Secretário Josias Gomes e funcionamento do Aeroporto de Guanambi

IMG_5544 (600x800)No início desta semana foi divulgado que o secretário de relações institucionais Josias Gomes havia afirmado que a Azul Linhas Aéreas aguardava a chegada de novas aeronaves para começar a operar voos comerciais regionais, incluindo Guanambi.

Questionado pelo Mix 96, Josias Gomes confirmou a informação mas disse que não tem mais detalhes sobre o início da operação em Guanambi. Ele disse que na próxima segunda-feira (14) entrará em contato com a nossa reportagem para divulgar novas informações sobre o assunto. Perguntado se havia relação entre o fim da operação de voos de Vitória da Conquista para Salvador pela Azul, Josias disse que não há relação com o aeroporto de Guanambi, uma vez que o modelo de aeronave que realiza voos em Conquista é diferente do modelo que irá operar em Guanambi.

A Azul anunciou que vai encerrar a operação do voo Conquista-Salvador em Fevereiro. A cidade ainda contará com 3 voos diretos para a capital do estado operados pela Passaredo.

Anúncio

3 comentários

Deixe uma resposta