O Cartório da 2ª Vara dos Feitos Cíveis e Anexos da Comarca de Guanambi apresentou, como de costume, sempre ao final do ano, os números correspondentes a produtividade da serventia.

De acordo o escrivão titular da Vara, Bel. Franklin Ribeiro da Silva, os dados apresentados abaixo foram enviados ao Conselho Nacional de Justiça, em procedimento estatístico mensal, além de ciência ao Tribunal de Justiça da Bahia, ressalvando que o trabalho é o resultado da dedicação de todos os servidores e estagiários do Cartório, além do imprescindível apoio do Bel. Almir Edson Lélis Lima, Juiz titular da Vara.

Os dados apresentados se referem ao período de janeiro a dezembro/2015, a saber:

Decisões: 296 (duzentas a noventa e seis).
Sentenças com resolução de mérito: 257 (duzentas e cinquenta e sete).

Sentenças sem resolução de mérito: 179 (cento e setenta e nove).
Despachos proferidos: 764 (setecentos e sessenta e quatro).
Audiências realizadas: 538 (quinhentas e trinta e oito).
Cartas Precatórias cumpridas pelo Cartório: 251 (duzentas e cinquenta e uma).
Processos arquivados: 847 (oitocentos e quarenta e sete).

Outro ponto destacado foram os processos envolvendo a área de Família, com atenção especial aos processos de interdição, alimentos e divórcio, impulsionando os feitos e respondendo à prestação jurisdicional, bem como a realização da Semana Nacional de Conciliação, implantada pelo Conselho Nacional de Justiça, com quase 300 (trezentas) audiências realizadas de 16 a 27 de novembro, inclusive com a realização de dezenas de perícias médicas nas dependências do próprio Fórum local, especificamente nas ações envolvendo pedidos de indenização decorrentes de acidentes de transito.

Efetivamente que os números apresentados se constituem numa demonstração inequívoca da enorme produtividade da 2ª Vara Cível de Guanambi, tendo o escrivão da mesma, Bel. Franklin Ribeiro da Silva feito questão de registrar ainda o importante papel do Núcleo Regional de Digitalização (NUREDI), sediado em Guanambi e sob a direção do Bel. João Batista Pereira Pinto, por designação da Presidência do Tribunal de Justiça do Estado da Bahia, que tem avançado visivelmente na digitalização de processos físicos envolvendo a 1ª e 2ª Vara dos Feitos Cíveis desta Comarca, indicador claro do prestígio de Guanambi perante a maior Corte da Justiça estadual.

Anúncio

Deixe uma resposta