Anúncio

Redação 96FM

O ex-goleiro do Flamengo, Bruno Fernandes de Souza, recebeu hebeas corpus do Supremo Tribunal Federal (STF) e pode deixar a prisão ainda nesta sexta-feira (24/2). Ele está custodiado desde 2010 suspeito de assassinar e ocultar o cadáver de sua então namorada Eliza Samudio.

A decisão, do ministro Celso de Melo, foi divulgada pela manhã. A assessoria da Secretaria da Administração Penitenciária de Minas Gerais, onde o ex-goleiro está preso, não confirmou a hora da soltura do suspeito. Em 2013, ele foi condenado a 22 anos de prisão por homicídio triplamente qualificado.

“O clamor social surge como elemento neutro, insuficiente a respaldar a preventiva. Por fim, colocou-se em segundo plano o fato de o paciente ser primário e possuir bons antecedentes. Tem-se a insubsistência das premissas lançadas. A esta altura, sem culpa formada, o paciente está preso há 6 anos e 7 meses”, diz um trecho da decisão.

Anúncio

Deixe uma resposta