Redação 96FM

A Polícia Federal, conjuntamente com autoridades do Uruguai, prendeu nessa sexta-feira, 3, os empresários Vinicius Claret Vieira Barreto – vulgo “Juca Bala” – e Cláudio Fernando Barbosa. Ambos foram apontados como doleiros do esquema de corrupção e lavagem de dinheiro organizado pelo ex-governador, Sérgio Cabral, que está preso no Rio de Janeiro. Os mandados de prisão foram assinados pelo Juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Criminal, no campo da Operação Calicute, a pedido da força tarefa da operação Lava Jato.

O empresário Claret, que residia em Punta del Este, foi citado pelos irmão Renato e Marcelo Chebar como responsável por trocar por dólares parte do dinheiro provindo de propina recebido pelo ex-governador do Rio, Sérgio Cabral, a contar do ano de 2007. O contato entre os envolvidos era realizado pela internet.

Em colaboração com o acordo de delação premiada feito com o Ministério Público Federal, os irmão Chebar revelaram e contaram detalhadamente o esquema. Mais de R$ 300 milhões foram identificados como ilegais fora do país.

Uma vez já detidos, espera-se que Vinícius Claret e Cláudio Barbosa revelem outra parte do esquema. Os dois envolvidos devem ser extraditados ao Brasil nos próximos dias.

Em Janeiro deste ano, o esquema de Cabral foi definido como “um oceano ainda não completamente mapeado”, por Leonardo Freitas, procurador responsável pela Lava Jato no Rio.  Leonardo afirmou ainda que todos os contratos firmados na gestão do peemedebista deveriam ser investigados.

Com informações da Agência Brasil

Anúncio

Deixe uma resposta