Anúncio

Tiago Marques

O Ministério da Transparência, Fiscalização e Controladoria-Geral da União (CGU) divulgou a terceira edição do Escala Brasil Transparente (EBT). A ferramenta visa medir a transparência pública em estados e municípios brasileiros. O índice atribuído aos municípios pela EBT avalia o grau de cumprimento de dispositivos da Lei de Acesso à Informação (LAI).

Após receber nota zero na última edição, o município de Guanambi fez a pontuação máxima dessa vez, recebendo nota dez na escala por cumprir todas as exigências de acesso às informações. Outros municípios da região foram avaliados, Matina também recebeu nota dez e Carinhanha 9,16 pontos. Os destaques negativos ficam para (Jacaraci (4,44), Tanque Novo (3,05) e Rio do Antônio (1,38). Bom Jesus da Lapa, Caetité, Igaporã e Licínio de Almeida ficaram com nota zero na avaliação.

Além de Guanambi e Matina, Antas, Itabuna e Paripiranga receberam nota 10 na avaliação. A capital Salvador ficou com 7,91 pontos na escala. Na avaliação por estado, a grande maioria dos governos receberam notas altas, o governo baiano recebeu nota dez. Já o Rio de Janeiro e o Amapá decepcionaram, ficando com 05 e zero pontos respectivamente. A consulta detalhada pode ser feita no site da EBT.

Guanambi saiu da nota zero para dez na avaliação

A partir da EBT, a CGU pretende aprofundar o monitoramento da transparência pública e gerar um produto que possibilite o acompanhamento das ações empreendidas por estados e municípios no tocante ao direito de acesso à informação.

com informações da EBT

Anúncio

Deixe uma resposta