Reprodução
Anúncio

A Uber vai passar a atuar em Vitória da Conquista, Itabuna, Ilhéus e Porto Seguro. A previsão é de que a Uber esteja disponível para os conquistenses a partir desta  quarta-feira (22) e para quem mora em Itabuna e Ilhéus, o prazo é sexta-feira (24). Já os moradores de Porto Seguro só vão poder usufruir dos serviços dentro de uma semana, no dia 29.

Segundo o  Correio, o gerente geral da Uber no Norte e Nordeste, Michele Biggi, disse que a tendência é que a Uber continue em expansão na Bahia. Ele informou que a plataforma não disponibiliza o número de motorista por município, mas garantiu que a quantidade de servidores também tende a crescer.

“Continuaremos acompanhando de perto o desenvolvimento da região. Desde o lançamento em Salvador, vimos o mercado local crescer vertiginosamente. A chegada da Uber mudou o comportamento de centenas de milhares de baianos e deu a eles uma opção confiável e acessível de se mover pelas cidades, além de dar oportunidade de geração de renda a milhares de motoristas parceiros. A intenção é que, em breve, muitas outras cidades baianas disponham da plataforma”, salientou.

Michele Baggi comentou, ainda, o projeto de lei em tramitação no Congresso Nacional, que pode mudar as tarifas do serviço. “Antes de qualquer coisa, é importante ressaltar que a Uber é a favor de regulações justas e modernas, que usam a tecnologia em favor das pessoas e das cidades”, disse. O diretor da Uber no Norte e Nordeste afirmou que a implementar regulações com um perfil moderno só traz benefícios.

Tramitação em Brasília

Conforme Baggi, a lei em tramitação em Brasília, que teve o texto original aprovado na Câmara, cria limites artificiais. “Tentativas de enquadrar inovações em moldes antiquados que privam os cidadãos de seu direito de escolha, passou pelo Senado com emendas importantes que eliminam muitos desses entraves. Continuamos acompanhando de perto essa movimentação em Brasília, confiantes de que as vozes de mais 17 milhões de usuários e 500 mil motoristas parceiros de todo o país não serão ignoradas”.

Anúncio

Deixe uma resposta