Reprodução
Anúncio

O governador Rui Costa fez pouco caso do levantamento da pesquisa de intenção de voto para o governo do estado em 2018. Durante entrevista concedida nesta sexta-feira (1º), ele declarou que não é “ingênuo” para acreditar nos dados divulgados nesta quinta e ainda questionou a confiabilidade do Paraná Pesquisas, empresa que dirigiu a pesquisa. “Não acredito, principalmente, em pesquisa há um ano da eleição, em pesquisa feita por um instituto que todos sabem que tem uma ligação partidária”, disse o governador. “É muito ingênuo alguém acreditar nisso”, disse durante visita ao Hospital da Chapada, localizado na cidade de Seabra. O levantamento do Paraná Pesquisas divulgado nesta quinta colocou o prefeito ACM Neto em vantagem na corrida pelo governo, com 49%, contra 33,7% do atual governador. Apesar da desvantagem, Rui diminuiu a diferença para Neto em comparação com a amostragem anterior. Durante a entrevista desta sexta, o governador lembrou ainda das pesquisas que o colocaram como “azarão” no início da disputa eleitoral de 2014. “Não gosto de comentar pesquisa, porque se eu acreditasse em pesquisa eu não estava aqui”, comentou. Ao tratar do tema, Rui também foi irônico e comparou as pesquisas com duendes e com Papai Noel. “Eu disse semana passada que gosto muito de falar de Papai Noel, de duende, mas com as minhas filhinhas”, brincou.

Anúncio

Deixe uma resposta