Reprodução
Anúncio

A taxa de analfabetismo entre pessoas com pelo menos 15 anos de idade no Brasil ficou em 7,2% em 2016, o equivalente a 11,8 milhões de analfabetos. Segundo a Agência Brasil,  a porcentagem aumenta à medida que a idade avança, atingindo 20,4% entre as pessoas com mais de 60 anos.

Os dados foram divulgados nesta semana pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). A meta 9 do Plano Nacional de Educação (PNE), lei sancionada em 2014, previa a redução da taxa de analfabetismo para 6,5%, em 2015 no país, o que não foi alcançado, conforme demonstra o levantamento. O analfabetismo entre pretos e pardos (9,9%) foi mais que o dobro do que o observado entre os brancos (4,2%).

Entre as regiões brasileiras, o Nordeste é quem apresentou a maior taxa de analfabetismo, com 14,8%. O índice quase quatro vezes maior do que as taxas estimadas para o Sudeste (3,8%) e o Sul (3,6%).

Anúncio

Deixe uma resposta