Reprodução
Anúncio

A Câmara dos Deputados pode aprovar nos próximos dias uma proposta que determina condenados a arcar com os custos de compra e manutenção de tornozeleiras eletrônicas.

O texto é de autoria do senador Paulo Bauer (PSDC-SC) e altera a Lei de Execução Penal, mas permite que aqueles que comprovarem não ter condições de pagar tenham o equipamento custeado pelo Estado.

De acordo com levantamento do Departamento Penitenciário Nacional (Depen) a despesa mensal com a tornozeleira oscila entre R$ 167 e R$ 660.

Casos envolvendo tornozeleiras

Na cidade de Ponta Grossa, interior do Paraná, a polícia recebeu uma ligação anônima e constatou que um cavalo estava usando a tornozeleira de um preso. O homem foi recapturado em abril porém, o artefato preso à pata do animal só foi recapturado dias depois.

Em Gurupi, no Tocantins, um preso removeu a tornozeleira e a abandonou na delegacia. Junto com o equipamento foi deixado um bilhete em que o preso dizia que tinha ido passar as festas de fim de ano com a família e que também tinha arranjado um emprego.

Anúncio

Deixe uma resposta