Reprodução
Anúncio

O governo federal pretende fazer 1,2 milhão de perícias em benefícios do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). O prazo para cumprir esta meta é o final de 2018, de acordo com o ministro interino do Desenvolvimento Social, Alberto Beltrame.

A verificação no pagamento dos auxílios-doença e das aposentadorias por invalidez foi anunciada em 2016. Até dezembro do ano passado, 249,8 mil benefícios foram vistoriados, resultando no cancelamento de 226,2 mil auxílios-doença.

A economia gerada foi de R$ 5,7 bilhões. Ao G1, Beltrame disse que para atingir a meta deste ano, parte dos 3.864 peritos do INSS terão de aderir a uma nova forma de trabalho, levando em conta a produtividade: deverão fazer quatro perícias diária e se colocar à disposição de mutirões para quando o ministério julgar necessário.  Os peritos terão até 30 dias para informar se querem aderir ao novo sistema.

Anúncio

Deixe uma resposta