Reprodução

Quem for passar o carnaval em Salvador ou no Rio de Janeiro e pretende apenas ficar na área urbana não precisa tomar vacina contra febre amarela, foi o que afirmou na terça-feira (16) o ministro da Saúde em exercício, Antonio Carlos Nardi.

Mesmo que as duas capitais estejam no roteiro da campanha de vacinação com doses fracionadas contra a doença, o ministro assegura que os turistas só devem preocupar-se com a imunização caso se dirijam a áreas de mata. E se caso planeje ir além do perito urbano,  é necessário tomar a vacina  com pelo menos 10 dias de antecedência.

Anúncio

Deixe uma resposta