Foto: Reprodução

Redação da Agência 

Um grupo de cientistas da Hungria descobriu dois planetas que podem ser ‘habitáveis’, ou seja, apresentam condições parar gerar vida semelhante à que existe na Terra.

De acordo com o ‘Diário de Notícias’, os planetas foram achados, ainda em 2017, orbitando a estrela anã conhecida por Trappist-1, que está localizado a 39 anos-luz da Terra. No total, foram encontrados 7 planetas nesta zona.

O estudo, que será publicado na revista especializada Astronomy & Astrophysics, aponta que seis destes planetas provavelmente têm água. No entanto, apenas os planetas “d” e “e” têm maiores chances de serem habitáveis, pois apresentam temperaturas mais favoráveis.

 

Anúncio

Deixe uma resposta