Tiago Marques | Agência Sertão

ILHÉUS – O II Seminário Institucional Pibid e o VII Seminário Baiano do PIBID foram abertos na tarde desta quarta-feira (30), na Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC) em Ilhéus.

O evento reúne estudantes de cursos de licenciatura de todo o Estado da Bahia e a programação conta com palestras, minicursos e apresentações de trabalhos feitos das experiências do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (Pibid). O seminário tem como tema “A importância da continuidade do PIBID para a formação de professores: memórias, reflexões e desafios”.

A professora da UESC Márcia Morel representou a reitora Adélia Maria Carvalho de Melo Pinheiro. Ela ressaltou a importância do PIBID na formação de novos professores. “O PIBID está inserido na trilha da formação docente, ele coloca o futuro professor entre a educação básica e o ensino superior. Neste seminário iremos debater as Boas práticas pedagógicas e as diretrizes para boa formação docente”, disse a professora.

O representante da Bahia no Fórum Nacional do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência, João Batista Oliveira, defendeu a continuidade do programa. “Defendemos este projeto acreditando na qualidade dos professores e nos resultados alcançados pelos estudantes que participam do programa. O Pibid serve com um distintivo para todos que participam desta experiência”, ressaltou.

O conferencista da abertura foi Luiz Dourado, professor da Universidade Federal de Goiás. Ele palestrou sobre os desafios da formação de professores nas universidades.

Programação Completa do evento

Estudante do IF Baiano – Campus Guanambi participam do seminário

Uma comitiva de estudantes do Instituto Federal Baiano – Campus Guanambi participa do evento. Eles trouxeram para o seminário as pesquisas e relatos de experiências vivenciadas na formação de licenciatura em Química na região de Guanambi.

A estudante Gabriela Montalvão vai apresentar três trabalhos no seminário. Seus trabalhos foram desenvolvidos a partir das experiências do programa em escolas públicas de Guanambi e Candiba. “Trazer estes trabalhos para o seminário é uma forma de compartilhar as experiências da formação docente, vividas a partir do Pibid e se inteirar ainda mais do momento critico que o mesmo passa”‘ comenta.O evento continua até a próxima quinta-feira (1).

Veja a relação de trabalhos desenvolvidos no IF Baiano – Campus Guanambi que serão apresentados no evento.

Anúncio

Deixe uma resposta