Fotos: BW Guirapá

Da Redação da Agência Sertão

Uma galeria entupida não suportou a força da água e se rompeu na madrugada desta quarta-feira (7), na região do Distrito de Guirapá, município de Pindaí. A galeria fica em uma estrada que da acesso a um dos parques eólicos com complexo administrado pela BW Guirapá. O risco de rompimento foi detectado na manhã desta terça-feira (6) e a empresa estudava uma forma de drenar a área.

Segundo um relatório apresentado pela empresa, o desabamento da galeria ocorreu após um incêndio criminoso danificar os tubulões, construídos de um material inflamável chamado Canaflex. O relatório encomendado pela empresa concluiu que houve descarte e queima de lixo no local antes do início do período chuvoso.

A BW Guirapá informou que técnicos ambientais da empresa avaliam os danos causados pelo rompimento e disse que irá recuperar as áreas afetadas, na maioria, áreas de pastagens. A empresa ainda não sabe informar se a força da água pode causar rompimento de barragens no decorrer da bacia.

A área alagada está localizada no curso do rio do Meio e deságua no rio Guirapá, afluente do Carnaíba de Dentro, um dos principais cursos d’água que abastece a barragem de Ceraíma.

Anúncio

Deixe uma resposta