Reprodução
Anúncio

A greve geral organizada por centrais sindicais para a próxima segunda-feira (19), tem apoio de  mais de 20 organizações, segundo a Central Única dos Trabalhadores na Bahia (CUT-BA). Entre eles, estão os  petroleiros, químicos, professores, bancários, servidores e metalúrgicos, entre outras categorias. Também atos estão sendo marcados em cidades como Juazeiro, Paulo Afonso, Vitória da Conquista, Itapetininga, Itabuna e Ilhéus, entre outras.

“A greve vai acontecer de forma forte, ampla e resistente. As lideranças das categorias estarão repassando passa suas bases os direcionamentos para vencermos essa batalha contra esse retrocesso do governo Temer. E digo mais, por nossa pressão, essa reforma da Previdência não vai passar ”, afirmou o presidente da CUT, Cedro Silva.

Segundo o Metro 1,  a greve geral pode ter a participação do Sindicato dos Rodoviários. A informação foi confirmada  pelo diretor de comunicação da entidade, Daniel Mota.  “Olha, ainda não definimos, mas estamos em conexão com a confederação nacional. Em nível nacional, a orientação é que, se colocarem para votar a reforma [da Previdência], o Brasil todo vai parar”, afirmou ao Metro1. Caso a greve aconteça, as estradas e grandes centros urbanos no estado serão palco das manifestações.

Anúncio

Deixe uma resposta