Reprodução
Anúncio

Da Redação da Agência Sertão

O Processo Seletivo aberto para contratação em Regime Especial de Direito Administrativo (Reda) foi suspenso pelo Conselho Universitário da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb). Com isso, há grande possibilidade da suspensão de serviços oferecidos pela instituição, como por exemplo a TV Uesb e a Uesb FM.

Estes órgãos funcionam com servidores contratos através de contratos de prestação de serviço contínuo. Os contratos terminam no próximo dia 28 e não podem ser prorrogados, por determinação do Tribunal de Contas do Estado (TCE) e por recomendação do Ministério Público do Trabalho (MPT).

Em nota pública, o reitor da instituição, Paulo Roberto Pinto Santos, fez um apelo para que o conselho não aprovasse a suspensão do processo. “Por determinação do Tribunal de Contas do Estado (TCE) e do Ministério Público (MP), estamos suspendendo os contratos de prestação de serviço contínuo na Instituição, no dia 28 de fevereiro de 2018. Há tempos, os órgãos citados vêm reiterando essa solicitação. Para não causar interrupção nos serviços da Instituição, pela ausência desses colaboradores em setores como Creche, Uinfor, Surte e outros, venho solicitando, desde 2015, concurso público e seleção (Reda) específicos para a substituição desses prestadores. É de conhecimento público que somente no dia 22 de dezembro de 2017 o Governo Estadual autorizou a seleção de 82 vagas de Reda, das 143 que vêm sendo solicitadas. Para agilizar a contratação de servidores e manter a regularidade dos serviços da Universidade, optamos pela seleção simplificada, processo legal mais rápido”, disse o reitor.

O processo seletivo aberto em janeiro prevê a contratação de 82 profissionais para diversas áreas. Os selecionados iriam substituir os cerca de 100 servidores que deixarão a instituição com o fim dos contratos de prestação de serviço.

Anúncio

Deixe uma resposta