Coluna: Resoluções para 2018 – Parte 2

0
73
Anúncio

Olá!

Como dito na coluna anterior, trago mais 5 coisas invisíveis que fazem você gastar dinheiro sem perceber. E aí? O que achou das 5 primeiras? Se identificou com alguma delas? Para driblá-las, o segredo é investir em tempo para planejar as compras e ter uma rotina financeira.

Vamos aos próximos tópicos:

6 – Venda conjunta ou venda casada

Quem já passou por essa situação? Você vai contratar um seguro e atrelado a ele vem uma conta que você nem sabia que existia, ou, sem perceber, contrata canais extras da televisão por assinatura. O cuidado que se deve ter é que quando você precisa informar que não quer determinado produto ou serviço extra ao adquirido e a venda casada é automática, tendemos a aceitá-la. A venda casada ocorre quando o fornecimento de um produto ou serviço é condicionado à aceitação de outro produto ou serviço e é proibida pelo Código de Defesa do Consumidor.

7 – Cartão de crédito

Cartão de crédito não é exatamente invisível, mas gastamos mais quando não visualizamos o dinheiro em espécie. O envio de cartão de crédito ao consumidor sem a sua solicitação é uma prática abusiva (hoje eu acabei de receber um cartão de crédito de uma seguradora de veículos). Se isso acontecer com você, entra em contato com quem o enviou, informe que não tem interesse, inutilize o cartão (taquei a tesoura nele!) e encaminhe por escrito a solicitação de cancelamento. Se desejar, você pode ainda denunciar o acontecimento a um órgão de defesa do consumidor. Se aceitamos, acabamos por gastar mais inconscientemente, pois temos agora um novo “aliado”.

8 – Preço por R$ 1,99 em vez de R$ 2

A forma como a informação sobre um produto é apresentada faz toda a diferença nos seus gastos. Um e pouco parece melhor do que dois. Gastamos mais quando se tem a ilusão de que é pouco, é o chamado “preço psicológico”. Isso acontece por que geralmente olhamos apenas o primeiro número, sem dar muita importância para o que vem depois da vírgula.

9 – Estresse emocional

Não é indicado sair para fazer compras quando você está muito cansado(a), chateado(a) ou estressado(a). Pois acabamos por descontar o stress da vida nas compras. A alegria pode durar apenas algumas horas, e depois tudo voltar a como esta antes.

10 – Tumulto na loja

Se a loja está muito cheia, a tendência é de gastar mais do que pode, sem comparar preços. O mesmo efeito acontece quando você está com pressa.

Esse tipo de situação está o tempo inteiro à nossa volta e tende a aumentar, porque empresas cada vez mais estudam o comportamento humano, usam artifícios para estimular o consumo e conduzir nossas decisões. Precisamos ficar atentos para saber se realmente queremos aquilo que desejamos e se estamos tomando as melhores decisões.

E então? Se identificou com alguma situação? Planejamento e muita calma nessa hora! Até a próxima!

 

Fabrício Neves é Doutorando em Controladoria e Contabilidade pela FEARP-USP. Mestre em Administração. Membro da Academia Baiana de Ciências Contábeis. Contador do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Baiano – Campus Guanambi/BA. Professor Universitário

Anúncio

Deixe uma resposta