Reprodução
Anúncio

O cantor Gusttavo Lima vai responder na justiça por crime ambiental por ter aumentado uma represa em uma das suas fazendas sem autorização dos órgãos ambientais. Segundo Luziano de Carvalho, delegado titular de Repressão Contra o Meio Ambiente (Dema), duas ocorrências fora lavradas antes do indiciamento.

“O Batalhão Ambiental foi ao local por duas vezes, uma no fim de 2017 e outra já neste ano, e, em ambas, encontrou máquinas trabalhando no local. Foram feitas duas ocorrências e, apesar de terem um protocolo com o pedido da licença, o documento não havia sido expedido”, disse o delegado ao G1.

Carvalho afirmou que na fazenda há criação de gado, mas que a represa foi ampliada por motivo de lazer.

Anúncio

Deixe uma resposta