Reprodução
Anúncio

Um bebê de dois meses morreu nesta sexta-feira (23) após ser agredido. O pai Edvaldo Rodrigues de Brito, 24 anos, foi apontado como autor do crime que aconteceu na noite desta quinta-feira (22). Ele chegou a levar a criança para uma unidade médica em Cajazeiras, mas o menino não resistiu e ele foi preso em flagrante.

O crime aconteceu dentro da casa onde eles moravam em Águas Claras, em Salvador. Depois de detido, Edvaldo confessou que cometeu crime. Ao delegado Roberto César Nunes, ele disse que estava em casa sozinho com o filho, quando a criança começou a chorar. “Ele contou que começou a jogar a criança para cima e, na terceira vez, já notou o filho mole e desfalecido”, relatou o delegado.

Segundo Roberto Nunes, o suspeito apresentou outra versão no Hospital Eládio Lassere, onde a criança ficou internada. Na ocasião, ele contou que o filho apresentou um mal estar depois de tomar um medicamento. Contudo, a pediatra percebeu durante o atendimento que a criança foi vítima de violência, acionando a polícia imediatamente. Edvaldo segue custodiado na Central de Flagrantes e poderá ser autuado por homicídio. Informações do Jornal A Tarde.

Anúncio

Deixe uma resposta