Foto: Reprodução

atriz Glória Pires ganhou o processo por danos morais movido contra a empresa Nutralogistic por ter suas fotos divulgadas sem autorização em ações da marca.

De acordo com  informações do UOL, a Nutralogistic terá que pagar R$ 40 mil. Mas, como o processo é de 2012, o valor atualizado chega aos R$ 80 mil. Acrescido a isso, a empresa deve pagar um valor referente ao dano material- que será calculado com base no que a atriz recebe nos contratos publicitários que assina.

O advogado de Gloria, Ricardo Brajte, explicou a reportagem que a empresa realiza ações de marketing digital através do Facebook. Para isso, usa fotos de atrizes famosas junto ao que chamou de “promessas milagrosas”. “No caso da Gloria, era um creme que dizia tirar rugas em 20 dias”, disse.

De acordo com Notícias ao Minuto, a decisão em favor da atriz foi da juíza Maria Cristina Slaibi, da 3ª Vara Cível do Rio de Janeiro. A empresa pode negociar com Gloria ou entrar com recurso contra a decisão.

Anúncio

Deixe uma resposta