Reprodução
Anúncio

O Ministério da Educação – MEC, por meio da Secretaria de Regulação e Supervisão da Educação Superior – SERES, tornou pública no dia 28 de março, a realização de chamamento público de mantenedoras de Instituições de Educação Superior (IES) do Sistema Federal de Ensino, para seleção de propostas para autorização de funcionamento de curso de Medicina por IES privadas em municípios selecionados no âmbito do programa mais médicos.

No edital de credenciamento dos municípios, 28 foram selecionados, entre eles Brumado, Irecê, Porto Seguro e Valença. Ao todo, serão abertas 1400 vagas anuais, cada mantenedora poderá apresentar até três propostas, obedecendo o limite estabelecido pelo edital por estado. As instituições interessadas em ofertar os cursos têm de 16 a 30 de abril para enviarem as propostas, a divulgação do resultado preliminar está prevista para 11 de setembro e a homologação final será em 28 de dezembro. O edital está disponível na página do Ministério da Educação.

Antes de deixar o Ministério da Educação, o ex-ministro Mendonça Filho (DEM) e o governo haviam decidido pela suspensão de novos cursos de medicina no país, entretanto, os editais em andamento permaneceram vigentes.

Na primeira seleção, iniciada em 2014, o município de Guanambi foi contemplado com o curso de Medicina pelo mesmo programa, no entanto, uma decisão da Justiça Federal determinou a suspensão do processo de credenciamento do curso na cidade por conta de suspeitas de irregularidades na seleção da instituição vencedora do certame.

Anúncio

Deixe uma resposta