Reprodução
Anúncio

Parentes do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva entraram por volta das 10h desta quinta-feira (12) no prédio da Superintendência da Polícia Federal, em Curitiba, para visitar o político, preso desde sábado (9).

De acordo com o jornal Folha de S. Paulo, três carros pararam numa entrada localizada nos fundos da Superintendência, e desceram ao menos cinco pessoas. Um deles é o advogado Cristiano Zanin, defensor do político, e outro é Fábio Luís da Silva, conhecido como Lulinha, filho do ex-presidente. Uma mulher e um adolescente também entraram no prédio. Pouco tempo depois chegou o advogado e consultor de Lula, Sigmaringa Seixas.

Anúncio

Deixe uma resposta