Reprodução
Anúncio

Cerca de 50 manifestantes deixaram o triplex atribuído ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, no Guarujá, litoral de São Paulo. O protesto, iniciado na manhã de segunda-feira (16), foi encerrado após negociação com a Polícia Militar.

De acordo com O Globo, os manifestantes do grupo Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) e da Frente Povo Sem Medo quebraram o portão do estacionamento e pularam as grades para conseguir forçar a entrada no Edifício Solaris. Um boletim de ocorrência será registrado por causa dos danos ocorridos no imóvel.

Anúncio

Deixe uma resposta