Reprodução
Anúncio

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva perdeu, temporariamente até o julgamento do mérito da ação, todos os benefícios a que tem direito como ex-presidente, segundo o jornal Estado de S. Paulo.

De acordo com a publicação, o juiz federal Haroldo Nader, da 6ª Vara Federal da 3ª Região (Campinas, interior de São Paulo), concedeu liminar em ação popular movida pelo coordenador nacional e advogado do MBL, Rubens Nunes, para suspender imediatamente os seus privilégios, outorgados pelo Decreto 6.381/2008.

Com a decisão, Lula perde o cartão corporativo, assessores, seguranças, motoristas e veículos que ficam à sua disposição.

Anúncio

Deixe uma resposta