Reprodução
Anúncio

A greve dos caminhoneiros chegou ao nono dia nesta terça-feira (29) e está afetando vários setores da economia. E para os amantes da cerveja, existe mais uma notícia nada agradável, a bebida pode começar a faltar nos mercados e bares nos próximos dias.

Segundo o Uol, as duas das maiores cervejarias em operação no Brasil, afirmam passar por dificuldades na logística do transporte do produto na última semana.  De acordo com a cervejaria Heineken Brasil, a empresa está fazendo o possível para distribuir os produtos.   “A companhia informa que está trabalhando para minimizar os impactos da greve para seus fornecedores e clientes e, assim, evitar o impacto no fluxo de seus negócios”, declarou a empresa, por meio de nota.

A Ambev, principal player do mercado e dona da Brahma, da Antarctica e da Skol, e o Grupo Petrópolis, número três e produtor da Itaipava, não quiseram comentar.

Anúncio

Deixe uma resposta