Anúncio

Da Redação da Agência Sertão

Uma das lideranças à frente da paralisação dos caminhoneiros pediu que os colegas descarreguem suas cargas e sigam para Brasília para uma grande manifestação na Esplanada dos Ministérios. Wallace Landim, o “Chorão”, se apresentou como liderança desde o início da manifestação. Ele disse que o Governo não aceitou recebe-los no Planalto para uma reunião.

“Quero dizer aos companheiros que o governo não nos recebeu, desgastamos todas as nossas energias e o governo negou o diálogo. Peço a todos os companheiros que sigam a diante, que descarreguem seus caminhos para a população não pagar porque a população não tem culpa, nos ajudou até agora… não participei, não compactuei com sindicado, cooperativa ou federação, que aceitaram R$0,46… venham para Brasília, aqui vamos continuar, precisamos colocar aqui 50 mil caminhões… precisamos do esforço de vocês para forçar o Governo a ter o diálogo”, disse Chorão.

Apesar do apelo, muitos caminhoneiros continuam parados, nos grupos de Whatsapp, alguns caminhoneiros continuaram afirmando que o protesto não irá acabar.

Em Guanambi, o grupo que mantem o protesto às margens da BR-030 mas já liberou a passagem de caminhos. Uma manifestação com os caminhoneiros será realizada no centro da cidade às 15h.

 

Anúncio

Deixe uma resposta