Divulgação / Polícia Federal
Anúncio

Um empresário administrador de uma grande transportadora foi preso pela Polícia Federal na manhã desta quinta-feira (31) em um condomínio de luxo no município de Xangri-l-a, litoral do Rio Grande do Sul. A prisão foi por suspeita de locaute, quando o empregador impede o trabalho dos funcionários, durante a greve dos caminhoneiros.

Por se tratar de um investigado, a Polícia Federal não divulgou o nome do empresário, a prisão fez parte da operação Unlocked da Polícia Federal (PF). O nome da operação significa “desbloqueado”, em inglês.

A prisão foi a primeira por locaute deste o início da greve dos caminhoneiros. Sessenta policiais cumpriram três mandados de busca e apreensão nas cidades Vale Real e Caxias do Sul, na serra gaúcha.

Anúncio

Deixe uma resposta