Reprodução
Anúncio

O movimento “Eu Dou Sangue”, iniciou as ações de sua campanha “Junho Vermelho”, no dia (1) de junho, em todo Brasil. A campanha se estenderá durante todo o mês, com o objetivo de conscientizar a população sobre a importância da doação de sangue.

A demanda aumenta em alguns estados, principalmente no nordeste, devido as festas juninas. Os bancos de sangue enfrentam a baixa adesão de doadores nessa época do ano, e a ação é fundamental para garantir a regularização do atendimento.

Em São Paulo, segundo informações da Fundação Pró-Sangue, parceira do Movimento “Eu Dou Sangue” e responsável pelo abastecimento de grande parte dos hospitais públicos da cidade, os estoques estão baixos, girando em torno de 30% a 40% do ideal.

Uma pesquisa realizada no ano passado, proposta pelo movimento, em parceria com o Instituto Datafolha, indica que o brasileiro não costuma doar sangue: cerca de 92% dos entrevistados declararam que não participaram de doações nos últimos 12 meses.

“O Junho Vermelho surgiu para alertar os brasileiros de que sangue não se compra, não se fabrica e que qualquer pessoa a qualquer momento pode precisar dele”, ressalta Diana Berezin, uma das duas criadoras do Movimento.

Onde doar:

Para saber onde há bancos de sangue, o doador pode acessar o site do Movimento Eu Dou Sangue, na aba de “Onde doar”, pelo http://www.eudousangue.com.br/onde-doar/.

O doador deverá comparecer ao banco mais próximo, participar da entrevista feita no local e contribuir.

Com informações do G1

Anúncio

Deixe uma resposta