Foto: Mateus Pereira/GOVBA
Anúncio

A sexta Policlínica Regional de Saúde da Bahia foi inaugurada nesta sexta-feira (8) em Alagoinhas, cidade do nordeste do estado. O governador Rui Costa apresentou para a imprensa, autoridades e convidados os detalhes do equipamento, que funciona na Rua Coronel Filadelfo Neves, ao lado do Fórum e da Câmara Municipal. A Policlínica tem investimento total de mais de R$23 milhões, entre obras civis, equipamentos, mobiliários e 10 micro-ônibus que farão o transporte dos pacientes dos municípios da região, integrantes do Consórcio Público Interfederativo de Saúde do Litoral Norte e Agreste Baiano.

“Eu digo com muito orgulho: pode existir uma clínica ou uma policlínica particular na Bahia igual a essa, mas melhor vocês não vão encontrar nenhuma, nem na infraestrutura, nem na quantidade de exames, nem na qualidade dos equipamentos. Eu sou grato aos prefeitos e prefeitas que aqui estão, que acreditaram nesta proposta. Até dezembro nós vamos ter 18 no estado e a Bahia vai se consolidando como a referência em investimento público na saúde”, declarou Rui sobre a estrutura da Policlínica.

Moradores de Acajutiba, Alagoinhas, Aporá, Araçás, Aramari, Cardeal da Silva, Catu, Crisópolis, Entre Rios, Esplanada, Inhambupe, Itanagra, Itapicuru, Jandaíra, Ouriçangas, Pedrão, Rio Real e Sátiro Dias serão atendidos na Policlínica, que oferece 18 especialidades médicas, exames como ressonância magnética, tomografia computadorizada, ultrassonografia, ecocardiografia, eletroencefalograma, endoscopia, colonoscopia, entre outros.

“A população agora vai ter de graça, pelo SUS, todos os exames que a saúde precisa, encaminhados a partir da saúde básica, dos postos de saúde e com atendimento com hora marcada”, afirmou o secretário de saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas. A unidade tem capacidade para realizar 450 procedimentos por dia, sendo 5560 exames por mês.

Assim como nas demais unidades, a manutenção da Policlínica de Saúde da região de Alagoinhas será custeada por meio da parceria entre os municípios, que assumem 60% dos custos mensais, e o Estado arca com o pagamento de 40% das despesas. Ainda neste semestre o Governo do Estado vai inaugurar duas novas unidades em Valença e Santo Antônio de Jesus. Outras sete policlínicas já receberam autorização para o início das obras civis e cinco equipamentos já estão em funcionamento em Teixeira de Freitas, Guanambi, Irecê, Jequié e Feira de Santana.

Via Secom/BA

Anúncio

Deixe uma resposta